Findicas

O blog da
Finplace

Saiba como calcular o valor de sua empresa

Findicas

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Há não muito tempo, para divulgar seus produtos para o grande público, uma empresa precisava investir uma quantidade considerável de dinheiro. Anúncios em rádios, TVs, jornais e revistas, que alcançavam um número expressivo de pessoas, são caros e, por isso, quase sempre inviáveis para pequenos e microempresários. “A internet mudou completamente essa realidade. Com apenas um computador ou smartphone, um plano estruturado de marketing e alguma verba, é possível desenvolver campanhas online, atrair e fidelizar clientes e tornar um negócio exponencial”, explica Felipe Avelar, CEO da Finplace.

Se alguém perguntar a um empresário qual é o valor financeiro do seu negócio, provavelmente terá uma resposta aproximada ou, em muitos casos, ouvirá um número bem distante da realidade. Pode até ser fácil lembrar o montante do investimento inicial, na época do plano de negócio, mas com o passar do tempo perde-se a noção exata de tudo o que foi aplicado em expansões.

“A avaliação correta de uma empresa depende também do contexto, do segmento de atuação e da situação econômica do país no momento”, explica Felipe Avelar, CEO da Finplace. “Além disso, é preciso considerar as projeções para o futuro, o que atualmente, com a crise do coronavírus, torna-se particularmente difícil. Por exemplo, quem é capaz de projetar o valor real de um restaurante daqui a um ano, sem saber como o setor reagirá à pandemia?”, acrescenta.

O processo conhecido como valuation é objetivo e prático, embora possa não fornecer um resultado exato, pois representa sobretudo uma percepção do mercado. Em resumo, valuation é a técnica de cálculo do valor de uma empresa de forma sistematizada, por meio de um modelo quantitativo.

O método mais utilizado é o DCF (Discounted Cash Flow), ou fluxo de caixa descontado, que traz para o presente a estimativa dos fluxos de caixa futuros; ou seja, o montante a receber menos o montante a ser gasto nos próximos anos, depois de aplicada uma taxa de desconto com base no risco da empresa, com base também na comparação do rendimento do dinheiro em outros investimentos. É uma maneira de prever o futuro da empresa e seu potencial de lucro e trazê-los para o presente.

De acordo com especialistas do Sebrae, esse processo é importante para o proprietário e, principalmente, para eventuais investidores, na hora da avaliação financeira. Não é simples à primeira vista, e talvez seja necessária a ajuda do contador, mas se você quiser fazer esse cálculo e ter uma ideia mais exata do valor de sua empresa, vale utilizar este guia criado pela Endeavor.

Tags

Cadastre-se
agora


Cadastre-se agora

É grátis e em apenas 1 minuto
você conclui seu cadastro!